Home > DESTAQUE > Número de óbitos por covid-19 diminui 50% em um mês em Mato Grosso do Sul

Número de óbitos por covid-19 diminui 50% em um mês em Mato Grosso do Sul

///
Comentários desativados

De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o número de óbitos causados por covid-19 em Mato Grosso do Sul diminuiu pela metade no mês de julho.

Até o dia 19 deste mês, foram registradas 385 mortes, 51% a menos que um mês atrás, em 19 de junho, quando haviam sido registrados 795 óbitos.

A quantidade de novas infecções também diminuiu. Nos 19 primeiros dias de junho, 31.720 pessoas contraíram o vírus, já no mesmo período de julho, foram 13.221 casos, 58% a menos que o mesmo período de junho. A taxa de contágio que passava de 1,0, agora está em 0,84.

Outra estatística apontada pela SES foi o número de internações, que tiveram queda de 38% em um mês. Enquanto em junho eram 1.028 pessoas nos hospitais, até ontem existiam 633.

Últimas notícias

O mês de julho foi um dos mais críticos em Mato Grosso do Sul, quando mais da metade dos municípios foram classificados com bandeira cinza pelo Programa Prosseguir, que representa o grau de risco extremo de contaminação da covid-19.

O Governo do Estado decretou o fechamento de todas as atividades consideradas não essenciais em 43 municípios.

Apesar disso, seis municípios se recusaram a seguir as regras impostas e liberaram o funcionamento do comércio, entre eles Campo Grande, Ponta Porã, Deodápolis, Três Lagoas, Alcinópolis e Fátima do Sul.

A médica infectologista e pesquisadora, Mariana Croda, acredita que a vacinação é a principal responsável pela queda de mortes e casos da doença no Estado.

“Até porque outras medidas como distanciamento e uso de máscaras foram um pouco banalizadas pela população”, disse.

A médica infectologista, Andyane Freitas Tetila concorda com Croda e defende ainda que a vacinação diminuiu casos graves, internações e mortes, pois reduz a circulação viral. “A vacinação tem seu papel fundamental”.

De acordo com dados do Vacinômetro, já foram aplicadas 2.123.744 doses no Estado, sendo 1.309.961 para primeira dose, 220.355 da dose única e 593.428 da segunda dose.

Fonte: Gabrielle Tavares/Correio do Estado