Nesta quarta-feira (09) o vacinômetro aponta que 93,6% da população apta vacinável, acima de 5 anos e grupos prioritários, de Mato Grosso do Sul já tomou a primeira dose ou dose única, enquanto 80,5% tomou a segunda dose, 38,9% a terceira e 3,3% a quarta dose.

Diante desses indicadores e considerando o atual cenário da Covid no Estado, a secretária adjunta da Secretaria de Saúde (SES), Crhistine Maymone alertou o público acima de 60 anos que ainda não retornou para as doses de reforço. “São essas pessoas que têm apresentado um maior número de hospitalizações e maior número de óbitos”.

Ela também reforçou a importância de manter os cuidados. “Você maior de 60 anos, hipertenso, diabético, tem doença renal crônica, enfim com comorbidades, não é o momento de você tirar a máscara, de se expor a risco, é o momento de você tomar a sua 4° dose da vacina. Então vá até a unidade de saúde mais próxima. As vacinas são seguras, são baseadas em evidências científicas e protegem de hospitalizações graves e de mortes”, explicou durante a live semanal da saúde.

Boletim Covid

Nesta quarta-feira (09) o boletim epidemiológico Covid registrou 1.296 novos casos e média móvel dos últimos 7 dias em 1.016. Os cinco municípios com mais casos são: Dourados (354), Ladário (137), Campo Grande (129), Fátima do Sul (127) e Ivinhema (76).

Também foram registrados 8  óbitos no Estado, de pessoas com idades entre 52 a 83 anos, que residiam em Dourados (2), Bataguassu (1), Campo Grande (1), Naviraí (1), Ribas do Rio Pardo (1), Rio Verde de Mato Grosso (1) e Sidrolândia (1). A média móvel da última semana está em 9,9.

De 7.063 casos ativos no Estado, 159 são pacientes internados em leitos clínicos (72) e leitos de UTI (87). A taxa de ocupação de leitos clínicos e UTI/SUS por macrorregião de internação conta com ocupação global de 78% em Campo Grande, 72% em Dourados, 59% em Corumbá e 32% em Três Lagoas.

Influenza 

O boletim epidemiológico Influenza desta quarta-feira (09) registra 5 novos casos de hospitalização notificados, e média móvel de 0,9 na última semana. Não houve registro de óbitos pela doença nas últimas 24 horas no Estado.

Confira aqui todos os detalhes do boletim epidemiológico Covid e Influenza.

Texto: Subcom

Foto: Saul Schramm